Synthes confirma negociações com J&J

A Synthes confirmou estar em negociações com a Johnson & Johnson a respeito de um acordo que representaria a maior aquisição da J&J e modificaria o setor de equipamentos médicos.

KATIE REID E LEWIS KRAUSKO, REUTERS

20 de abril de 2011 | 14h58

Uma fonte a par do assunto afirmou à Reuters durante o fim de semana que as negociações premilimares avaliaram a companhia suíça em cerca de 20 bilhões de dólares, embora a Synthes não tenha fornecido avaliações em seu breve comunicado.

Comprar a Synthes daria maior diversificação aos negócios da J&J, mas um acordo de 20 bilhões de dólares significaria um prêmio de menos de 9 por cento sobre o valor da empresa na última sexta-feira, que, segundos alguns analistas, é muito baixo.

As ações da Synthes avançaram 5,6 por cento, após terem registrado alta de 6,2 por cento na sexta-feira com os rumores de que a J&J ou a Medtronic poderiam tentar adquiri-la.

"A respeito das especulações do mercado, a Synthes confirma estar envolvida em negociações com a Johnson & Johnson sobre uma potencial transação combinando as duas companhias", afirmou a empresa em comunicado.

A aquisição da Synthes seria a maior da J&J, dando à ela uma posição de liderança em equipamentos para tratar traumas. A Synthes, que reportou vendas de 3,7 bilhões de dólares em 2010, fabrica pregos, parafusos e placas para reparar ossos quebrados, assim como discos artificiais para a coluna vertebral.

Um porta-voz da J&J preferiu não comentar o assunto.

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASSYNTHESJJ*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.