TAM atribui atrasos a problemas no aeroporto de Manaus

A companhia aérea TAM informou que os atrasos e cancelamentos de seus voos hoje são reflexo, principalmente, dos problemas que enfrenta desde segunda-feira no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus (AM). De acordo com a empresa, as manifestações dos sindicatos dos aeroviários e aeronautas realizadas em alguns aeroportos brasileiros nesta manhã não afetaram suas operações. Os aeronautas são os profissionais que tripulam os voos (comissários, pilotos e copilotos) e os aeroviários são aqueles que atuam em solo, como mecânicos e pessoal de check-in.

SILVANA MAUTONE, Agencia Estado

22 de dezembro de 2010 | 16h00

Segundo comunicado divulgado pela TAM, "em decorrência de problemas meteorológicos em Manaus, o aeroporto da cidade teve seus sistemas de aproximação por instrumentos e de balizamento prejudicados e, desde a tarde de segunda-feira até a noite de terça, suas operações foram severamente afetadas".

A companhia aérea diz que o aeroporto de Manaus é uma importante base para a empresa, pois representa um grande centro de conexões para seus voos. A TAM é a única empresa brasileira que opera voos internacionais para os Estados Unidos a partir de Manaus. Os passageiros afetados estão sendo reacomodados em outros voos da companhia.

Tudo o que sabemos sobre:
aeroportosatrasosTAMproblemasManaus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.