TAM fecha acordo com OnAir para oferecer telefonia móvel em seus aviões

Serviço já está disponível aos passageiros que viajarem a bordo da aeronave Airbus A321, que realizará as rotas entre Guarulhos, Recife, Natal, Fortaleza e Porto Alegre

Agência Estado,

28 de outubro de 2010 | 10h45

A TAM informou nesta quinta-feira, 28, que começará a oferecer o serviço de telefonia móvel a bordo de seus aviões. Segundo a empresa, uma parceria firmada com a OnAir, empresa que fornece sistemas para uso de celulares em aeronaves, permitirá que os passageiros da TAM usem seus aparelhos durante os voos.

"Seremos a primeira companhia aérea das Américas a disponibilizar essa facilidade", destaca a companhia em nota. O serviço, que utiliza os satélites da Inmarsat SwiftBroadband, já está disponível aos passageiros que viajarem a bordo da aeronave Airbus A321 - que realizará as rotas entre Guarulhos, Recife, Natal, Fortaleza e Porto Alegre. Com o OnAir, os passageiros podem realizar chamadas telefônicas, enviar mensagens e acessar a Internet via rede GPRS, com seus próprios aparelhos de telefone GSM.

"O uso de celular a bordo foi uma demanda detectada por meio de pesquisas com passageiros que desejam estar conectados ao trabalho, família e amigos enquanto viajam", explica a diretora de Marketing da TAM, Manoela Amaro.

A OnAir é uma joint venture da Airbus e da Sita, organização que desenvolve tecnologia de ponta para aviação. O sistema já foi utilizado em mais de 135 mil voos para 356 cidades, conectando passageiros de 83 países com acordos de roaming com aproximadamente 200 operadoras de telefonia móvel.

O mecanismo permite que até oito passageiros utilizem celulares para ligações telefônicas ao mesmo tempo. Para dados e envio de SMS, não há restrições. Os aparelhos entrarão em roaming internacional, ou seja, passarão a captar sinal assim que a aeronave atingir 4 mil metros de altura, podendo fazer ou receber ligações e enviar mensagens SMS. Smartphones também funcionarão a bordo, permitindo que os passageiros acessem e-mails e naveguem na internet. O uso será cobrado diretamente pela operadora na conta de telefone do passageiro. A tarifa será definida pela operadora usada pelo cliente.

Segundo a TAM, durante decolagens e pousos, os passageiros serão orientados a desligar seus aparelhos eletrônicos. A empresa destaca ainda que mesmo que permaneçam ligados todo o tempo (inclusive em pousos e decolagens), os aparelhos não interferirão no sistema de controle do avião, isso porque o novo sistema impede que o sinal dos celulares cause interferência nos comandos da aeronave e na rede de antenas de celular em terra.

A utilização do sistema OnAir pela TAM recebeu aprovação técnica da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para ter o sistema de celular a bordo instalado na aeronave, além da certificação operacional por parte da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O sistema também foi certificado pela European Aviation Safety Agency (EASA) e sua utilização foi regulamentada recentemente pela União Europeia.

A companhia aérea informa ainda que atualmente dispõe de uma aeronave com o sistema já instalado (um Airbus A321, com 220 assentos), para testar a aprovação do serviço pelos passageiros. Para o próximo ano, a TAM planeja ter mais aeronaves que operem voos domésticos equipadas com a tecnologia.

Tudo o que sabemos sobre:
tamonairtelefonia móvelaviões

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.