TAM inaugura até o fim de 2010 escritório em Hong Kong

Nova estrutura comercial prevê também uma gerência na China e no Japão

Agência Estado,

28 de julho de 2010 | 11h36

A TAM vai inaugurar até o fim deste ano um escritório administrativo e comercial em Hong Kong, com vistas a "dar suporte ao crescimento de suas atividades na Ásia", conforme comunicado divulgado hoje pela companhia aérea. Atualmente, a empresa possui representações comerciais na Coreia do Sul, Índia, Japão, Tailândia e Taiwan. A nova estrutura comercial prevê também uma gerência na China (Pequim e Xangai) e no Japão (Tóquio).

A TAM atende diversos destinos no continente asiático por meio de acordos comerciais e compartilhamento de voos (codeshare). Segundo o vice-presidente Comercial e de Planejamento da TAM, Paulo Castello Branco, a expectativa é que o faturamento da companhia no mercado asiático tenha "um crescimento considerável nos próximos anos", ancorado na nova estrutura da TAM na Ásia, no trabalho dos representantes locais e na entrada da TAM na Star Alliance.

O executivo Thierry Curey, que trabalha atualmente como gerente comercial da TAM na Europa, gerenciará os trabalhos em Hong Kong. O novo escritório será o terceiro back office internacional da TAM, que já conta com modelos semelhantes na Europa (Madri) e Estados Unidos (Miami).

"Encerramos 2009 com 18 bases offline no exterior e hoje estamos presentes em 51 mercados distribuídos pela Europa, Ásia e Oriente Médio, além dos escritórios montados nos países que atendemos com voos próprios", afirmou, em nota, Castello Branco.

Tudo o que sabemos sobre:
TAMaviaçãoÁsia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.