Tata Motors sai de lucro para prejuízo de US$ 67 mi no 2º tri

Perdas foram atribuídas à pressão de liquidez e também ao aumento de empréstimos feitos pela montadora

Danielle Chaves, da Agência Estado,

31 de agosto de 2009 | 10h21

A indiana Tata Motors saiu de lucro para prejuízo líquido de 3,29 bilhões de rupias (US$ 67 milhões) no segundo trimestre deste ano, o primeiro trimestre fiscal da companhia. Nos três meses encerrados em 30 de junho do ano passado, a montadora havia registrado lucro de 7,2 bilhões de rupias. Na mesma base de comparação, as vendas consolidadas da Tata Motors aumentaram 20%, para 162,9 bilhões de rupias (US$ 3 bilhões), de 144,14 bilhões de rupias.

 

O prejuízo foi atribuído à pressão de liquidez em todo o mundo, que prejudicou a demanda por suas marcas de luxo Jaguar e Land Rover. As perdas da companhia refletem o atual estado da indústria automotiva mundial, que vem enfrentando demanda fraca especialmente em mercados importantes, como EUA e Europa, por causa da crise do crédito. A economia indiana mais lenta também prejudicou as vendas de caminhões, ônibus e carros.

 

A montadora indiana também atribuiu as perdas ao aumento dos empréstimos para dar suporte a investimentos e ao desenvolvimento de novos produtos, o que aumentou os custos com depreciação e juros. A Tata Motors teve um ganho não realizado com câmbio externo de 3,34 bilhões de rupias entre abril e junho, em comparação com a perda de 3,95 bilhões de rupias um ano antes.

 

O volume vendido no atacado pela Jaguar e pela Land Rover diminuiu cerca de 52% no trimestre, para 35,9 mil veículos. As duas marcas de luxo, que a Tata Motors comprou por US$ 2,3 bilhões da Ford Motor em junho do ano passado, estão tomando várias medidas de corte de custos para melhorar a lucratividade em uma base sustentada, afirmou a companhia.

 

Os resultados consolidados da Tata Motors incluem os de outras subsidiárias, como a Tata Technologies, a Telco Construction Equipment e a Tata Daewoo Commercial Vehicle. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Tata Motorsprejuízo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.