Taxa de desemprego da Alemanha cai para nova mínima recorde

Desemprego caiu pelo quinto mês consecutivo em março em 18 mil pessoas, acima do esperado

Reuters,

29 de março de 2012 | 07h43

A taxa de desemprego da Alemanha caiu para uma nova mínima pós-reunificação de 6,7% em março, ante 6,8% em fevereiro, contrariando a tendência em outros países da zona do euro e reforçando as esperanças de que o consumo privado sustente a maior economia da Europa neste ano.

Dados do Escritório do Trabalho ajustados à sazonalidade mostraram que o desemprego caiu pelo quinto mês consecutivo em março em 18 mil pessoas, acima do esperado, para um total de 2,841 milhões. A previsão de consenso em uma pesquisa da Reuters com 35 economistas era que o desemprego tivesse queda de 10 mil.

"A resiliência do mercado de trabalho alemão é um bom sinal para o consumo privado no primeiro semestre do ano", disse o economista do ING Carsten Brzeski.

(Reportagem de Sarah Marsh; reportagem adicional de Madeline Chambers)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROALEMANHADESEMPREGO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.