Taxa de desemprego no Japão sobe para 4,5% e surpreende

Taxa de outubro ficou bem acima da verificada em setembro, de 4,1% e da previsão dos analistas, que esperavam manutenção da taxa

Agência Estado,

28 de novembro de 2011 | 22h48

O Bureau de Estatística do Japão informou que a taxa de desemprego elevou-se a 4,5% em outubro, de 4,1% em setembro. Economistas previam que a taxa de desemprego ficasse em 4,1% em outubro.

Os gastos dos consumidores tiveram um recuo de 0,4% em outubro, em relação ao mesmo mês do ano passado; os economistas previam uma queda de 1,5%.

Comércio

Segundo o Ministério de Economia, Comércio e Indústria do Japão, as vendas no varejo cresceram 1,9% em outubro, em comparação com o mesmo mês do ano passado. Em setembro, as vendas no varejo haviam caído 1,1% em relação ao mesmo mês de 2010. Outubro foi o primeiro mês de crescimento das vendas no varejo, depois de três meses consecutivos de quedas.

As informações são da Dow Jones. (Renato Martins)

Tudo o que sabemos sobre:
crisedesempregoJapão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.