TBWA, da Omnicom, compra agência de publicidade brasileira Mood

Empresa - pertencente ao maior grupo de comunicação corporativa do mundo - adquiriu 70% da Mood, que tem entre seus cases a campanha feita para a Devassa, com Paris Hilton 

Nayara Fraga, de O Estado de S. Paulo,

19 de março de 2014 | 12h29

SÃO PAULO - A rede de publicidade TBWA Worldwide - que pertence ao Grupo Omnicom, líder global em marketing e comunicação corporativa - anunciou ontem a aquisição de 70% da agência brasileira Mood, por valor não revelado. Comandada por Augusto Cruz Neto, a Mood tem atuação ampla no segmento da comunicação. Seus principais negócios são publicidade, ativação de marca, eventos, marketing direto e ações digitais. Em 2013, seu faturamento ultrapassou os R$ 200 milhões.

Um dos trabalhos mais conhecidos da agência é o que foi feito para o lançamento da Devassa. Do rótulo aos caminhões que transportam a bebida (passando por Paris Hilton como garota-propaganda), tudo foi feito pela Mood.

A empresa já havia despertado o interesse de Dentsu e WPP, dois grandes grupos publicitários com atuação mundial. Neto optou pela TBWA por ver, além da oportunidade de acesso a novos mercados, a possibilidade de permanecer totalmente independente de seu controlador. "Entendemos que o Luiz Lara (presidente da TBWA Brasil) junto com a Omnicom respeitariam a continuidade da agência da forma como ela é", diz Cruz. O executivo, que permanece na presidência da Mood, ficará com 28% das ações. Os outros 2% estarão divididos entre cinco funcionários da agência.

No Brasil, a TBWA é dona também da Lew'Lara (agência criada por Luiz Lara que está entre as 20 maiores do Brasil), da ID agência digital e da Disruption Works, de consultoria para marcas.

Para Paulo Cunha, coordenador do curso de publicidade e propaganda da ESPM, ao comprar agências locais, os grandes grupos ganham conhecimento do mercado brasileiro e clientes. "Além disso, do ponto de vista dos clientes multinacionais, é positivo ser atendido por uma agência internacional que alinhe a comunicação da marca em todos os países."

Num passado recente, o mercado publicitário brasileiro passou por duas negociações envolvendo grupos internacionais. Em julho de 2012, os franceses da Publicis - que já eram sócios da DPZ e da Talent - assumiram o controle da brasileira NeogamaBBH. Em 2011, a inglesa WPP comprou a F.Biz, e a americana SapientNitro adquiriu a iThink em 2013.

Tudo o que sabemos sobre:
TBWAMoodLew'LaraDevassaNayara Fraga

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.