TCU pede explicações ao governo sobre contratação da Petrobras para excedente da cessão onerosa

O Tribunal de Contas da União (TCU) pediu explicações do Ministério de Minas e Energia sobre a contratação direta da Petrobras para a exploração do excedente de petróleo da cessão onerosa, segundo despacho do tribunal divulgado nesta terça-feira, assinado pelo ministro relator José Jorge.

REUTERS

14 de outubro de 2014 | 11h43

O ministério teria até cinco dias para apresentar documentos. Dentre as explicações solicitadas, o TCU quer entender os motivos do excedente da cessão onerosa ser contratado antes da conclusão da revisão do contrato inicial.

(Por Marta Nogueira e Leonardo Goy)

Tudo o que sabemos sobre:
PETROBRASCESSOONEROSATCU*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.