Telebrás pede R$ 1,4 bi ao Ministério das Comunicações para se capitalizar

Do valor total, R$ 600 milhões serão investidos em 2010 e os outros R$ 800 milhões em 2011

Karla Mendes, da Agênica Estado,

24 de agosto de 2010 | 12h15

A Telebrás encaminhou ao Ministério das Comunicações pedido de orçamento no valor de R$ 1,4 bilhão para a capitalização da estatal e execução de investimentos para o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). A informação foi dada há pouco por Rogério Santanna, presidente da Telebrás, durante o 2º Fórum Brasil Conectado, realizado em Brasília.

Desse total, R$ 600 milhões serão investidos em 2010 e os outros R$ 800 milhões em 2011. A proposta que será encaminhada ao Congresso Nacional, contudo, prevê a aprovação de R$ 400 milhões para o ano que vem, o que reduz para R$ 1 bilhão o orçamento imediato. A liberação dos outros R$ 400 milhões estará sujeita à execução do orçamento de R$ 1 bilhão.

"É difícil cumprir os R$ 600 milhões este ano", admitiu Santanna. Segundo ele, os recursos eventualmente não utilizados seriam postergados para 2011. A suplementação do orçamento deste ano, segundo Santanna, será encaminhada ao Congresso em outubro. Os recursos para a capitalização da estatal sairão dos cofres do Tesouro Nacional.

Tudo o que sabemos sobre:
TelebrásorçamentoPNBL

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.