Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Telebrás se junta à SKY para fornecer banda larga

Parceria vai inaugurar a oferta da internet móvel 4G no Brasil; primeira cidade a ser atendida será Brasília

Agência Estado

21 de setembro de 2011 | 18h43

A Telebrás assinou nesta quarta-feira, 21, contrato com a operadora de TV por assinatura SKY para o fornecimento de banda larga. A parceria vai inaugurar a oferta da internet móvel de 4ª Geração (4G) no Brasil e na América Latina, segundo comunicado da empresa ao mercado.

O serviço, porém, deve funcionar apenas por meio de modems para computadores e não diretamente em celulares, visto que a companhia ainda não tem licença para operar telefonia móvel.

Em nota, a Sky afirmou que as velocidades dos planos 4G serão até dez vezes superiores às alcançadas pelas placas 3G que operam atualmente no mercado.

A primeira cidade a ser atendida será Brasília, ainda em 2011, e a expansão para outras cidades do País deve ocorrer a partir de 2012.

A Sky já possui autorização para utilizar a faixa de 2,5 gigahertz (GHz) - definida para essa tecnologia - no Distrito Federal desde a aquisição da extinta TVA, que a utilizava para transmitir TV por assinatura. A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), porém, só irá licitar essa faixa de espectro para as operadoras de telefonia em abril do ano que vem.

O acordo com a Telebrás prevê o uso de redes para interconexão e tráfego de dados, mas não faz parte do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), pelo qual o governo pretende ampliar o acesso à internet rápida no País até 2014. O contrato prevê o fornecimento progressivo de até 5 gigabytes de banda de internet da estatal à Sky. Procurada, a companhia não divulgou maiores detalhes sobre preços e condições dos planos.

Texto atualizado às 19h53

Tudo o que sabemos sobre:
banda largaTelebrasSkycontrato

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.