Telefónica e China Unicom fecham acordo para compra de ações entre si

Grupo espanhol terá fatia de 9,7% no capital votante da China Unicon, enquanto a chinesa deterá 1,37% do capital votante da Telefónica

Wellington Bahnemann, da Agência Estado,

24 de janeiro de 2011 | 08h16

A espanhola Telefónica e a China Unicom anunciaram, neste domingo, 23, que chegaram a um acordo para ampliar a cooperação estratégica entre as duas empresas, o que inclui a compra de ações entre si. Após a conclusão dessa operação, o grupo espanhol terá uma fatia acionária de 9,7% no capital votante da China Unicon, enquanto a empresa chinesa deterá 1,37% do capital votante da Telefónica.

Pelos termos do acordo, a Telefónica irá adquirir um número de ações não revelado da China Unicon pelo valor de US$ 500 milhões, operação que será concluída dentro de nove meses. Por sua vez, o grupo chinês irá comprar, nos próximos dias, 21.827.499 ações da companhia espanhola, ao preço de 17,16 euros por ação, totalizando também US$ 500 milhões.

Além disso, a Telefónica também se comprometeu a propor, na próxima Assembleia Geral de Acionistas, que a China Unicom possa designar um diretor para a companhia, conforme consta no fato relevante divulgado pela Telefónica à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.