Getty Images
Getty Images

Telefónica tem forte prejuízo devido a custos de plano de demissão voluntária

Companhia registrou perdas de 1,83 bilhão de euros no 4º trimestre; em 2015, no entanto, houve lucro de 2,75 bilhões de euros

O Estado de S.Paulo

26 Fevereiro 2016 | 05h25

MADRI - A Telefónica divulgou nesta sexta-feira, 26, um prejuízo líquido de 1,83 bilhão de euros (US$ 2 bilhões) no quarto trimestre de 2015, revertendo o lucro de 303 milhões de euros obtido em igual período do ano anterior. O resultado foi prejudicado por provisões feitas pela companhia telefônica espanhola para um plano de demissão voluntária.

As provisões totalizaram 2,6 bilhões de euros no trimestre, mas a Telefónica não esclareceu quantos funcionários planeja cortar em suas operações na Espanha. A expectativa da empresa, no entanto, é que o plano "melhore (sua) eficiência nos próximos anos".

Em todo o ano de 2015, a Telefónica teve lucro líquido de 2,75 bilhões de euros, um pouco menor que o ganho de 3 bilhões de euros registrado em 2014. A companhia também informou que a receita do quarto trimestre ficou estável ante o mesmo intervalo de um ano antes.

Na abertura dos negócios na Bolsa de Madri, por volta das 5h (de Brasília), as ações da Telefónica operavam em baixa de mais de 1%. 

Mais conteúdo sobre:
Espanha Telefonia

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.