Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Tem voos marcados com a Itapemirim? Veja como remarcar ou pedir reembolso

Empresa divulgou novas formas de passageiros afetados buscarem resolver sua situação

Bruno Romani, O Estado de S. Paulo

18 de dezembro de 2021 | 20h37

Após a abrupta interrupção dos seus serviços, a ITA, companhia aérea do grupo Itapemirim, finalmente divulgou novas formas para que as pessoas afetadas pelos cancelamentos dos voos possam buscar remarcações de viagens ou reembolsos. Nesta sexta, 17, a falta de informações causou revolta em passageiros que tinham viagem marcada - ao todo, 514 voos da empresa até 31 de dezembro foram cancelados. 

Na tarde deste sábado, 18, a empresa divulgou uma nota na qual afirma que o serviço de atendimento telefônico (pelo número 0800 723 2121) e pelo chat do site foram reestabelecidos. Segundo a empresa, o horário de atendimento é das 6h às 21h. Além disso, a empresa diz que os passageiros podem enviar um e-mail para falecomaita@voeita.com.br com o nome completo e número do localizador de reserva para agilizar o atendimento. 

A ITA também informou que os pedidos de reembolso podem ser realizados pelo site da empresa. Para isso o caminho é o seguinte:

1. Clique em Meus Voos

2. Faça o login com o seu usuário e senha

3. Clique na opção Reemissão/Remarcação/Reembolso

4. Selecione o seu ticket

5. Selecione a opção Reembolso

A empresa afirmou também que está trabalhando com outras companhias aéreas, além de acionar o seu braço de transportes terrestres, para acomodar passageiros em novas viagens. A prioridade, porém, será dada para aqueles que estão fora de seus domicílios e precisam voltar para a casa. Para aqueles que tem passagens de ida e volta e estão em sua cidade domicílio, a ITA diz que priorizará o reembolso financeiro.  

Ao ser comunicada da suspensão da operação da ITA, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) determinou que a empresa prestasse atendimento integral a todos os clientes lesados – o que não vem acontecendo. A aérea deverá comunicar todos os passageiros, individualmente, sobre cancelamentos de voos, reacomodações e também garantir o reembolso das passagens aéreas comercializadas. 

Nas últimas semanas, enquanto a companhia aérea ainda estava em funcionamento, muitas reclamações foram feitas por clientes nas redes sociais e em sites destinados a esse fim. As principais reclamações são relacionadas a atrasos e pedidos de reembolso.

No site Reclame aqui, foram registradas mais de 4 mil queixas desde o início das operações da companhia. 

Licença suspensa

Após o anúncio da empresa, a agência reguladora suspendeu a licença da ITA para operar voos. “A segurança das operações aéreas é prioridade da Agência. Devido à paralisação das operações da empresa, a Anac suspendeu o seu Certificado de Operador Aéreo (COA)”, diz a nota da agência. 

O Certificado de Operador Aéreo é o documento que comprova que a empresa foi submetida ao processo de certificação da Anac e tem autorização para realizar as operações pretendidas.

A companhia aérea tinha 514 voos programados entre a noite desta sexta-feira e o dia 31 de dezembro, segundo o Sistema de Registro de Operações (Siros) da Anac. Cada voo nas aeronaves da empresa tem capacidade para 162 passageiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.