Temer diz que governo espera Selic a 9,5% ou 10% apenas em 2013

Vice-presidente também comentou que expectativa é que o PIB avance 5% em 2012 e 5,5% em 2013

Renée Pereira, de O Estado de S. Paulo,

22 de abril de 2011 | 11h13

O vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou nesta sexta-feira, 22, em Comandatuba (BA), que o governo espera que a taxa básica de juros (Selic) atinja 9,5% ou 10% ao ano apenas em 2013. Nesta semana, o Comitê de Política Monetária (Copom) elevou em 0,25 ponto porcentual a taxa Selic, para 12% ao ano.

Temer também comentou que a expectativa é que o Produto Interno Bruto (PIB) avance 5% em 2012 e 5,5% em 2013. Embora otimista, ele demonstrou preocupação em relação aos rumos que a inflação tem tomado no País. "As pessoas começam a aumentar o preço não pelo que está ocorrendo hoje, mas por causa da expectativa do segundo semestre."

Durante apresentação para empresários, ele avaliou que o Brasil está preparado para iniciar uma ampla reforma política e tributária. "A reforma política está amadurecida. Talvez ela venha para essa legislatura."

Tudo o que sabemos sobre:
governojurosSelicPIBTemer

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.