Temer: empresas ajudaram para tranquilidade econômica

O vice-presidente da República, Michel Temer, ressaltou na noite de hoje que o bom momento econômico vivido pela sociedade brasileira também é fruto do empenho dos empresários. Em discurso, em cerimônia de premiação do Destaque Agência Estado Empresas 2011, relativo ao ranking de 2010, elaborado em parceria com a Economatica, o vice-presidente afirmou que o Brasil não teria chegado ao atual momento sem o "entusiasmo" dos empresários.

ANNE WARTH, Agencia Estado

28 de junho de 2011 | 22h26

"Não fosse o entusiasmo do empresariado brasileiro, o governo não teria alcançado tal êxito", disse. "Há uma coincidência de dois temas: crescimento econômico e social. Houve um aumento da classe média que passou a consumir muito mais", acrescentou.

O vice-presidente ressaltou a importância da transparência e disse que temas como a liberdade de imprensa e o respeito aos direitos humanos são "patrocinados" pela presidente. "Desde seu discurso, na vitória das eleições, a presidente (Dilma Rousseff) logo ressaltou esses aspectos", disse. O vice-presidente também citou trecho de um discurso de Dilma sobre a liberdade de imprensa. "Mais vale a liberdade de imprensa de um regime democrático, que o silêncio das ditaduras".

Temer ressaltou a solidez das instituições brasileiras para a atração de investimentos e criticou a edição "de leis sobre leis". "No Brasil, adoramos editar leis sobre leis", disse, observando a instabilidade que esse tipo de adiamento gera, principalmente no campo tributário. "Mas nós estamos caminhando para cada vez mais solidificar as instituições", disse Temer.

O vice-presidente disse que a premiação do Destaque Agência Estado Empresas 2011 serve de incentivo para todas as empresas brasileiras. Ele destacou a tradição, seriedade e competência da Agência Estado e da Economatica. "O Brasil está no caminho certo de crescimento econômico e inclusão social", falou.

Em seus discursos, o prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (sem partido), e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), destacaram que toda a sociedade sai ganhando com o fortalecimento das empresas brasileiras. "Ela extrapola os interesses dos acionistas e atende aos interesses de toda a sociedade", disse Alckmin.

Tudo o que sabemos sobre:
AE prêmioTemereconomia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.