Lucy Nicholson/Reuters
Lucy Nicholson/Reuters

Tesla trabalha em parceria com a Vale em busca de níquel

Companhia teve distribuição afetada pelo conflito entre Rússia e Ucrânia

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de abril de 2022 | 10h33

A Tesla está fechando parceria plurianual com a brasileira Vale S.A. para ter acesso a mais níquel - a Rússia é um dos maiores produtores de níquel no mundo, essencial para as baterias de carros elétricos, e a invasão à Ucrânia afetou diretamente o mercado.

O acordo com a Vale, que ainda não foi anunciado, cobre níquel proveniente do Canadá, de acordo com pessoas familiarizadas com o assunto que falaram sob condição de anonimato à Bloomberg.  O acordo com a Vale é um de muitos fechados no último ano.  

De acordo com a Vale, a companhia possui planos de aumentar vendas para o mercado de veículos elétricos para entre 30% e 40%. Não houve comentários à reportagem da Bloomberg de ambas as partes. 

Diferentemente de concorrentes, a Tesla passou anos focando em como garantir a própria cadeia de suprimentos, uma ação que faz parte do foco de Elon Musk, CEO da Tesla. A companhia compra baterias de fornecedores externos, mas também possui parceria, por exemplo, com a Panasonic Corp, para produção de células de bateria. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.