Tesouro dos EUA injeta US$ 7,5 bilhões na GMAC

O Departamento de Tesouro dos Estados Unidos anunciou na quinta-feira a injeção de mais 7,5 bilhões de dólares na GMAC para permitir que ela ajude os compradores de carros da Chrysler e da General Motors.

REUTERS

21 de maio de 2009 | 22h24

A medida tem a intenção de ajudar a conter a escassez de crédito que prejudicaram a venda de veículos no mercado doméstico. O Federal Reserve também ampliou uma exceção que permitirá à GMAC continuar emprestando a concessionárias da GM.

O secretário de Tesouro dos EUA, Timothy Geithner, disse que o novo capital para a GMAC "vai fortalecer as oportunidades de crédito, ajudar a estabilizar nosso mercado de financiamento de automóveis, e contribuir para a recuperação geral da economia".

A nova injeção de capital se soma aos 5 bilhões de dólares colocados pelo Tesouro na GMAC em dezembro.

O Tesouro informou que o novo investimento inclui 4 bilhões de dólares para ajudar a GMAC a emprestar a concessionárias da Chrysler, enquanto os 3,5 bilhões de dólares restantes devem ajudar na área de falta de capital da GMAC, identificado em "testes de estresse" conduzidos em 19 grandes bancos.

(Reportagem de Glenn Somerville e Corbett Daly; Reportagem adicional de Jonathan Stempel em Nova York)

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSGMACTESOURO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.