Tesouro não informa condições de empréstimo ao BNDES

Dos R$ 80 bilhões do segundo empréstimo do Tesouro Nacional ao BNDES, R$ 74,33 bilhões impactaram o estoque da dívida de abril

Adriana Fernandes, da Agência Estado,

20 de maio de 2010 | 16h15

Apesar do impacto negativo no estoque da dívida pública federal da emissão de títulos, para o empréstimo de R$ 74,33 bilhões do Tesouro Nacional ao BNDES, o Tesouro não quis informar hoje as condições da operação. O coordenador geral de Controle da Dívida Pública, Antônio de Pádua Passos, pediu aos jornalistas, ao divulgar os dados mensais da dívida pública federal, que não insistissem em questionamentos sobre o contrato.

Segundo ele, a divulgação do relatório não era o fórum adequado para a divulgação das condições do contrato com o BNDES. Ele recomendou aos jornalistas que solicitassem as informações à assessoria do Tesouro Nacional. A Agência Estado, no entanto, há um mês busca as informações que não foram divulgadas até o momento.

O Tesouro Nacional não informa também os motivos pelos quais não divulga as condições do contrato que, segundo apurou a Agência Estado, oferece condições muito mais favoráveis do que o primeiro empréstimo de R$ 100 bilhões concedido ao BNDES no ano passado.

Dos R$ 80 bilhões do segundo empréstimo do Tesouro Nacional ao BNDES, R$ 74,33 bilhões impactaram o estoque da dívida de abril e o restante, que já foi emitido, terá impacto no estoque de maio. 

Tudo o que sabemos sobre:
dívidatítulosempréstimo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.