Textron reduz produção de aviões nos EUA

A Textron, fabricante dos aviões Cessna, alertou nesta quarta-feira que a demanda por jatos comerciais continua fraca, o que a levou a reduzir empregos e a produção, além de cortar sua previsão de lucro para 2013. A companhia também afirmou que está sentindo os primeiros efeitos dos cortes automáticos de gastos federais nas vendas de peças de reposição para o Exército dos EUA.

Agencia Estado

17 de abril de 2013 | 15h53

A empresa está particularmente exposta ao mercado de jatinhos "mais leves", normalmente adquiridos por indivíduos ou empresas menores, que não teve a mesma recuperação vista no mercado de aviões maiores.

O lucro líquido da Textron no primeiro trimestre cresceu US$ 1 milhão, para US$ 119 milhões, com o lucro por ação crescendo somente um centavo de dólar, para US$ 0,41. A companhia reduziu sua previsão de lucro por ação para 2013 em 20 centavos de dólar, para entre US$ 1,90 e US$ 2,10. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Textronproduçãoavião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.