Thyssen abrirá dados de usinas no Brasil e EUA

A ThyssenKrupp informou que os interessados selecionados na aquisição de suas usinas siderúrgicas nos Estados Unidos e no Brasil poderão realizar o processo de due diligence (análise dos números da companhia) para que possam fazer as ofertas vinculativas pelas unidades. De acordo com nota, a empresa alemã está examinando desde maio todas as opções estratégicas em torno das duas plantas, o que pode incluir a venda ou uma parceria.

FERNANDA GUIMARÃES, Agencia Estado

19 de novembro de 2012 | 12h45

A Thyssen afirmou que na primeira fase do processo as companhias interessadas receberam informações e visitaram as unidades. A segunda fase, que envolverá as ofertas vinculativas, terá início agora.

Em comunicado, a empresa reafirmou que está sendo considerada a venda conjunta ou separada das duas plantas e lembrou que o processo está sendo encaminhado pelos bancos de investimentos Goldman Sachs e Morgan Stanley. "Por conta da complexidade do processo e pelo diferente interesse de diversos investidores, nós estamos no momento impossibilitados de prover mais detalhes como um cronograma concreto, nomes e outros dados", destacou a empresa no mesmo comunicado.

Tudo o que sabemos sobre:
ThyssenKruppvendausina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.