ThyssenKrupp eleva perspectiva após resultado recorde no 3o tri

O conglomerado industrial alemãoThyssenKrupp elevou levemente a previsão de vendas e lucro doano nesta sexta-feira, depois de divulgar lucro recorde antesde impostos no terceiro trimestre fiscal, encerrado em junho. "Baseado em nosso desempenho acima do esperado nosprimeiros três trimestres fiscais de 2006/07, atualmenteprojetamos lucro no ano antes de impostos e itensextraordinários de cerca de 3,6 bilhões de euros, incluindoitens não recorrentes de 3,2 bilhões de euros", disse opresidente-executivo, Ekkehard Schulz. O lucro antes de impostos cresceu 50 por cento, pararecorde de 1,22 bilhão de euros (1,68 bilhões de dólares) noterceiro trimestre, ultrapassando com folga os 990 milhões deeuros da estimativa de 12 analistas ouvidos pela Reuters. O número inclui o ganho de 115 milhões de euros da venda deuma propriedade e um encargo de 76 milhões de dólares daunidade de automóveis. Anteriormente a companhia tinha previsto cerca de 3,5bilhões de euros em lucro antes de impostos no ano e receita decerca de 50 bilhões. Ao contrário de outras siderúrgicas que estão focando emseus negócios principais e comprando ativos onde possível, aThyssenKrupp tem evitado a onda de fusões e aquisições devido auma falta de alvos atraentes, e prefere reter sua amplaestrutura que inclui bens de capital e serviços. Até o fim de setembro de 2010, a empresa terá feitoinvestimento de entre 15,5 bilhões e 16,5 bilhões de euros. Uma vez que duas unidades de aço no Brasil e nos EstadosUnidos estejam prontas, a ThyssenKrupp espera que o lucro antesde impostos chegue a algo entre 4,5 bilhões e 5 bilhões deeuros e faturamento alcance 65 bilhões no ano fiscal de2011/12.

CHRISTIAAN HETZNER, REUTERS

10 de agosto de 2007 | 15h26

Tudo o que sabemos sobre:
NEGOCIOSSIDERURGIATHYSSENKRUPP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.