Total trabalha 'normalmente' em parceria com OGX no CE

O diretor-geral da Total no Brasil, Dennis Palluat de Besset, afirmou nesta quarta-feira, 30, que aguarda uma definição da situação da OGX para avaliar a parceria com a petroleira de Eike Batista no bloco no Ceará, arrematado na 11ª rodada de concessões da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). "Tem que perguntar para a OGX para saber o que eles querem fazer, se eles querem vender ou não. Agora, é um problema da OGX, primeiro eles tem que resolver."

ANTONIO PITA E MÔNICA CIARELLI, Agencia Estado

30 de outubro de 2013 | 14h24

Segundo Besset, a situação da empresa até o momento não alterou a atuação do consórcio no bloco CE-M-661, arrematado por R$ 40,4 milhões pelo consórcio integrado também pela Queiroz Galvão. "Trabalhamos com a OGX normalmente, são muito bons profissionais, participam. Vamos ver como a situação da Justiça evolui. Mas é um parceiro que tecnicamente é o tipo que gostamos muito", completou.

Tudo o que sabemos sobre:
TotalOGX

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.