Totvs diz apostar no avanço do setor de TI em 2014

Mesmo com os percalços do cenário macroeconômico brasileiro, o mercado de tecnologia da informação (TI) deve manter trajetória de crescimento ao longo de 2014, segundo avaliação de Laércio Cosentino, presidente da Totvs.

CIRCE BONATELLI, Agencia Estado

15 de abril de 2014 | 16h13

"Para este ano, embora existam alguns setores com restrições, o mercado de TI deve caminhar de forma bastante interessante", afirmou, em entrevista após palestra no Universo Totvs, evento que reuniu clientes para apresentação do portfólio de produtos da empresa. "Falando genericamente, o setor de TI vem correspondendo com um crescimento um pouco acima do de cada segmento", completou.

A Totvs é líder no desenvolvimento, comercialização e consultoria de softwares para empresas de dez setores (manufatura, distribuição e logística, varejo, serviços, serviços financeiros, agroindústria, construção e projetos, educação, saúde e jurídico). Em 2013, o faturamento da Totvs teve uma expansão maior no segmento de distribuição e logística, com alta de 45,2% ante 2012. Em seguida, vieram serviços, com 20,4%, e varejo, com 19,8%. Na outra ponta, manufatura teve alta de apenas 4,6%, e serviços financeiros, recuo de 3,3%.

Questionado sobre o andamento dos negócios nos primeiros meses deste ano, Cosentino afirmou que a toada dos setores permanece igual à do fim de 2013. Segundo ele, o comportamento dos setores reflete os diferentes níveis de maturidade na adoção de tecnologia da informação, bem como a dinâmica da economia brasileira nos últimos anos.

Os setores que se destacam pelo maior crescimento estão diretamente ligados ao consumo, com grande demanda de soluções de softwares para transportadoras, distribuidores e atacarejos. Por outro lado, a consolidação pelo qual passa o setor financeiro e posições mais conservadoras no mercado de capitais brasileiro impactaram negativamente a demanda por produtos de TI para gestoras de investimento.

Cosentino acrescentou que acredita na resiliência do mercado. "Quando a economia vai bem, as empresas investem em TI para aumentar a competitividade. E quando a economia não está bem, investem em TI para reduzir custos ganhar e se tornarem mais produtivas", explicou.

Durante apresentação a clientes hoje, a Totvs deu ênfase ao portfólio de produtos voltados especificamente para aumentar a agilidade na gestão empresarial, com ferramentas para dispositivos móveis (smartphones e tablets) e armazenamento e manipulação de dados na nuvem (arquivados em servidor remoto, acessíveis à distância). Dentre as novidades, a Totvs lançou o software "Inteligência Fiscal", para simplificar a prestação de contas ao fisco, e anunciou novas funcionalidades para o Fluig, plataforma para gestão de processos, documentos e perfis de funcionários.

Tudo o que sabemos sobre:
TotvsTI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.