Toyota pagará multa de US$ 17,35 milhões nos EUA

O Departamento de Transportes dos EUA informou que a fabricante de veículos japonesa Toyota concordou em pagar US$ 17,35 milhões em multas por falhas na comunicação de defeitos de segurança aos reguladores do país no período de cinco dias exigido pela lei.

LUCAS HIRATA, Agencia Estado

18 de dezembro de 2012 | 13h02

O órgão norte-americano anunciou a medida em seu site e disse que a penalidade é a máxima permitida pela lei. Esta é a segunda vez em dois anos que a Toyota concorda em pagar multas por não denunciar defeitos do veículo para os reguladores dos EUA, conforme exigido pelas leis do país. Em 2009 e 2010, a companhia realizou um recall de 8 milhões de veículos em todo o mundo para tratar de defeitos ligados a relatos de aceleração súbita. Na época, pagou multas de US$ 48,8 milhões.

Em um comunicado, o departamento disse que a Administração Nacional de Segurança de Tráfego de Estradas (NHTSA, da sigla em inglês) começou a notar no início de 2012 relatos de que os tapetes instalados no Lexus RX 350 de 2010 estavam deslizando para fora de posição e prendendo os pedais. Em junho, a Toyota disse à NHTSA que faria o recall de 154.036 veículos do modelo Lexus RX para corrigir o problema.

Como parte do acordo anunciado nesta terça-feira, a Toyota e suas subsidiárias nos EUA tomarão medidas "para melhorar a sua capacidade de levar em conta as consequências de possíveis defeitos relacionados à segurança". As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
toyotaeuamultafalha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.