Toyota suspende produção na Rússia no fim do mês

A Toyota vai suspender produção na Rússia entre 30 de março e 6 de abril, informou a montadora nesta sexta-feira, no mais recente corte produtivo provocado pela demanda global em queda.

REUTERS

13 de março de 2009 | 15h02

A fábrica da companhia no país, aberta em 2007 para produzir 20 mil unidades do sedã Camry por ano e que custou 5 bilhões de rublos (141,7 milhões de dólares) para ser construída, será fechada por causa da "prolongada e difícil situação econômica do mercado", informou a montadora japonesa.

Um colapso do mercado de veículos russo se agravou no mês passado, com vendas em queda de 38 por cento na comparação anual. Em janeiro a queda foi de 33 por cento, segundo dados da Associação Europeia de Negócios, que prevê continuação na espiral de queda.

A redução nas vendas da Toyota em particular foi ainda mais severa, recuando 43 por cento em fevereiro na comparação anual.

Analistas esperam que o mercado caia 40 a 50 por cento em 2009.

As vendas de veículos na Rússia, que se tornaria o maior mercado de automóveis da Europa este ano, começaram a se contrair rapidamente no final do ano passado, quando o custo de crédito ao consumidor disparou.

A maior parte dos rivais da Toyota suspenderam linhas de produção também nos últimos quatro meses.

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSTOYOTARUSSIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.