Toyota vai cortar a produção no Japão em 20% em outubro, diz fonte

Segundo jornal japonês, desaceleração no consumo era esperada após o fim dos subsídios do governo

Álvaro Campos, da Agência Estado,

21 de julho de 2010 | 16h30

A Toyota Motor planeja reduzir em 20% sua produção interna no Japão em outubro, em relação ao nível de produção planejado no mês passado, devido a uma desaceleração esperada na demanda após o fim dos subsídios do governo para a aquisição de carros com baixo consumo de combustível, noticiou o jornal Kyodo News, citando fontes próximas ao assunto.

A montadora havia planejado produzir cerca de 14 mil carros por dia no Japão no período entre julho e setembro, e agora planeja cortar a produção em outubro para menos de 12 mil unidades. Se o plano realmente se concretizar, será a primeira vez que a produção interna da Toyota no Japão ficará abaixo de 12 mil unidades por dia desde julho de 2009, quando a média era de 11.868 unidades por dia.

A Toyota planeja informar as fabricantes de autopeças afiliadas sobre a meta de produção para outubro esta semana. Para a maioria delas, a produção de 12 mil unidades por dia marca o nível de equilíbrio (breakeven), em que elas não têm lucros nem perdas, e um corte prolongado na produção deve prejudicar seus ganhos.

Entretanto, para o ano fiscal de 2010 (que termina em março de 2011), a Toyota planeja manter a produção interna no Japão em 3,2 milhões de unidades, prevendo uma alta na demanda antes do fim dos subsídios do governo para carros mais "ecológicos", assim como uma recuperação moderada nas vendas a partir de outubro. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.