Transferência do Grupo Rede deve passar pela Aneel

O diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) Romeu Rufino disse que o órgão regulador terá de aprovar a eventual transferência do Grupo Rede para a Caixa. Isso pode ocorrer caso o banco decida executar uma cláusula que garante à instituição assumir o controle do grupo, caso não seja ressarcida pelos investimentos feitos por meio do Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS).

ANNE WARTH, Agencia Estado

18 de dezembro de 2012 | 14h25

"Não é uma questão da competência da Aneel escolher se o acionista será A, B, C ou D. Mas se isso está previsto na constituição contratual entre eles, no caso de ela ser colocada em prática, tem de submeter à prévia anuência da Aneel uma eventual transferência de controle", disse Rufino, nesta terça-feira.

Oito distribuidoras do Grupo Rede estão sob intervenção do governo federal desde o dia 31 de agosto. Afundada em dívidas, a empresa ingressou com pedido de recuperação judicial em 23 de novembro.

Tudo o que sabemos sobre:
Grupo RedetransferênciaAneel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.