Transgênicos: UE aprova mais um tipo de milho para consumo humano

São Paulo, 26 - A União Européia (UE) aprovou a venda e uso de ingredientes produzidos a partir de uma variedade de milho geneticamente. A decisão final favorável à variedade de milho NK603 produzido pela Monsanto foi divulgada hoje, mas passa a vigorar a partir de 10 anos. A comissão autorizou o produto depois de encerrar uma moratória de 6 anos em alimentos geneticamente modificados. De acordo com a UE, o produto será testado e terá selos incluindo informações para os consumidores. "É esse selo que garantirá aos consumidores q informação necessária para escolher se irão usar ou não os produtos geneticamente modificados", disse o comissário para proteção do consumidor David Byrne. O milho, porém, não será produzido dentro dos 25 países do bloco europeu. Para a Monsanto, de Saint Louis, a decisão apenas reafirma que os benefícios e o potencial que desta tecnologia para os produtores. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.