Tribunal impede AB InBev de registrar marca Budweiser na Europa

AB InBev briga há mais de uma década com a concorrente Budejovicky Budvar, cervejaria que também usa o nome Budweiser desde o final do século XIX

Ligia Sanchez, da Agência Estado,

29 de julho de 2010 | 12h19

A mais alta corte da Europa rejeitou o apelo da cervejaria Anheuser-Busch InBev (AB InBev) para ter permissão de registrar a marca Budweiser na Europa. A decisão vem como golpe final à batalha de mais de uma década entre a AB InBev e a concorrente Budejovicky Budvar, da República Checa, para ter o controle do nome Budweiser na Europa.

A AB InBev apelou ao Tribunal de Justiça Europeu para derrubar uma decisão anterior do Tribunal Geral Europeu que negou a permissão à companhia de ter o nome Budweiser como sua marca registrada. Ambas as cervejarias usam o nome Budweiser desde o final do século XIX. A norte-americana Anheuser-Busch foi comprada pela belgo-brasileira InBev em 2008.

A AB InBev já usa o nome Budweiser, ou Bud, em 23 dos 27 países da União Europeia, incluindo o Reino Unido, onde tribunais decidiram que ambas as companhias podem usar a marca em seus produtos. Mas a decisão mais recente deixa à Budvar o controle exclusivo da marca na Alemanha, tornando mais difícil para a AB InBev crescer neste grande mercado de cerveja.

As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
InBevcervejariaEuropaBudweiser

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.