Trigo: gaúchos ameaçam fechar fronteira para importado

São Paulo, 17 - No próximo dia 21 os produtores gaúchos vão aproveitar uma audiência pública da Comissão do Mercosul do Senado para discutir o que chamam de "concorrência desleal" com a produção argentina e uruguaia de arroz, vinho, trigo e carne exportada para o Brasil. O corretor e produtor de trigo Jairo Faccio diz que, paralelamente à reunião em Brasília, os produtores deverão "fechar a fronteira" para o trigo em grão e farinha de trigo da Argentina, num protesto semelhante ao feito pelos rizicultores recentemente. De acordo com Faccio, a comercialização da safra de trigo nacional abaixo do preço mínimo fez o Rio Grande do Sul "dizer não" ao trigo na próxima safra durante encontro ontem na sede da Federação de Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul). "O governo terá de honrar o compromisso de preço mínimo ou vamos entregar trigo nas portas do Banco do Brasil e Ministério da Agricultura", diz a respeito do vencimento de parcelas de financiamento da safra. (fim)

Agencia Estado,

17 de dezembro de 2004 | 19h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.