Trigo: governo corrigirá valor do prêmio para o leilão do dia 15

Brasília, 7 - O governo vai corrigir o valor do prêmio para o próximo leilão de PEP para o trigo, marcado para a sexta-feira, 15, informou o coordenador do departamento de Abastecimento Agropecuário do Ministério da Agricultura, Silvio Farnese. No leilão da próxima semana, a oferta será de 70 mil toneladas. Pelas regras da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), o valor do prêmio tem que ser divulgado dois dias úteis antes do leilão. O prêmio atual é de R$ 73 por tonelada. Mais dois leilões deverão ser realizados ainda em outubro, no dia 21 ou 22 e no dia 28 ou 29. Não houve interesse nos leilões feitos até agora. De acordo com Farnese, o setor alega que o custo do frete subiu muito e que o prêmio oferecido pelo governo não justificava a operação. "Além disso, a cotação do produto vem caindo na Argentina, o que torna muito atrativa a importação", afirmou. Ele calculou que o preço do trigo na Argentina é de US$ 110 por tonelada. Outra alteração para o pregão do dia 15 será o aumento do prazo de remoção dos atuais 120 para 150 dias. "Com isso, será facilitada a distribuição do produto ao longo do tempo, no Nordeste", completou Farnese.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.