Trigo: governo deve lançar 650 mil t em contratos de opção

Brasília, 14 - O governo deve lançar contratos de opção para o trigo no volume de 650 mil toneladas. O exercício deve acontecer em janeiro, fevereiro e março de 2005, informou há pouco o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Ivan Wedekin. Ele negocia com o Ministério da Fazenda o lançamento dos contratos e espera encerrar a negociação ainda hoje. Os contratos devem ser ofertados em três leilões. A expectativa do secretário é fazer o primeiro leilão já na próxima semana. Pelas regras da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), os leilões só podem ser feitos uma semana após o lançamento dos editais. Dessa forma, se o edital sair hoje, o leilão acontecerá na próxima quinta-feira, 21. Wedekin não informou o preço de exercício dos contratos. As opções serão ofertadas no Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás e Minas Gerais. Maior volume de contratos será ofertada no Rio Grande do Sul, principal produtor de trigo do País. Wedekin participou há pouco da abertura da Vitrine Documental sobre Biodiversidade e Arroz, exposição que faz parte das comemorações do Dia Mundial da Alimentação. A data é comemorada desde 1981 no dia 16 de outubro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.