Trigo: IGC aumenta estimativa de safra mundial 04/05 para 618 mi/t

São Paulo, 25 - O Conselho Internacional de Grãos (IGC) aumentou a estimativa para a produção mundial de trigo para 618,1 milhões de t. No relatório divulgado em outubro, a projeção do IGC era de 616,9 milhões de t. O conselho revisou as estimativas para a União Européia (UE), a China e a Rússia. Segundo o IGC, a colheita começou no hemisfério sul e há sinais de queda na produção da Austrália, para 22 milhões de t. No caso da Argentina, a produção deve aumentar em 500 mil t para 15 milhões de t. No relatório o IGC estima a produção dos 25 países da União Européia (UE) em 135,7 milhões de t de trigo, contra os 134,8 milhões de t previstos em outubro. Houve ligeira redução na estimativa de produção dos EUA e Canadá, de 85,9 milhões de t em outubro para 85,7 neste último relatório. Com a recuperação do uso do cereal para a ração na UE, Rússia e Ucrânia, a projeção de consumo foi mantida em 606 milhões de t. O volume de trigo negociado deve ficar em 101,6 milhões de t, com a estimativa de aumento de importações da Argélia e países asiáticos. No relatório, o IGC afirma que dados preliminares indicam que o trigo poderá recuperar a área plantada, depois de um declínio para a menor área em quase 40 anos em 2003. Isso porque os produtores do hemisfério norte devem aumentar a área plantada. No milho, a maior projeção esperada na China e os EUA levou ao aumento da estimativa mundial em 9 milhões para 696 milhões de t. O consumo foi estimado em 673 milhões de t, por causa do aumento do uso para ração. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.