Triunfo amplia prejuízo no 2o trimestre, para R$44 mi

A concessionária de infraestrutura Triunfo Participações teve prejuízo de 44 milhões de reais no segundo trimestre, frente a perdas de 22,5 milhões de reais no mesmo período do ano passado, com aumento do custo operacional.

REUTERS

14 de agosto de 2014 | 19h56

A receita líquida ajustada foi de 262,8 milhões de reais, alta de 21,9 por cento. Houve aumento de 83,6 por cento da receita de venda de energia elétrica e crescimento de 9,8 por cento nas receitas de arrecadação de pedágio.

Os custos operacionais, por outro lado, subiram 71,6 por cento, para 368,9 milhões de reais no segundo trimestre. As despesas gerais e administrativas subiram 50,2 por cento.

O tráfego consolidado das rodovias administradas cresceu 4,4 por cento no período, atingindo 20,8 milhões de veículos equivalentes. Na unidade de energia, foram vendidos 216,7 GWh de energia assegurada, alta de 46,4 por cento. Já o aeroporto de Viracopos, também administrado pela empresa, movimentou 2,3 milhões de passageiros, crescimento de 1,5 por cento.

O Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de 138 milhões de reais no período de abril a junho, crescimento de 32,7 por cento na comparação anual.

(Por Luciana Bruno)

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASTRIUNFORESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.