UBS pode pagar mais de US$1 bi em multa por manipular taxa Libor

A multa de reguladores britânicos e norte-americanos será o mais recente revés para o banco suíço, que se viu envolto em escândalo de operações ilegais no ano passado 

Reuters,

17 de dezembro de 2012 | 10h24

LONDRES/ZURIQUE - O UBS deve pagar mais de US$ 1 bilhão nesta semana para se livrar de acusações de manipulação da taxa Libor, passando assim a ser o segundo banco a fazer este tipo acordo pela participação no escândalo global.

A multa de reguladores britânicos e norte-americanos será o mais recente revés para o banco suíço, que se viu envolto em escândalo de operações ilegais no ano passado, pagou multa de US$ 780 milhões para encerrar investigação sobre impostos nos EUA em 2009 e quase quebrou em 2008 sob pressão de grandes perdas com subprime.

Fontes próximas ao assunto afirmaram à Reuters que a multa será de US$ 1 bilhão ou mais, mais que o dobro dos US$ 450 milhões aplicados ao britânico Barclays em junho por manipulação da taxa de juro interbancária.

A multa pode chegar a US$ 1,6 bilhão e o UBS vai admitir que 36 profissionais de mercado em todo o mundo manipularam a Libor em iene entre 2005 e 2010, publicou o jornal suíço Tages-Anzeiger, citando fontes não identificadas.

O UBS se recusou a comentar o assunto, e a Reuters não pôde confirmar o valor de US$ 1,6 bilhão.

(Por Steve Slater e Katharina Bart)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSUBSMULTALEGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.