UE autoriza Marfrig a comprar americana Keystone Foods

Acordo com o maior frigorífico de capital fechado dos EUA é avaliado em cerca de US$ 1,26 bilhão

Gabriela Mello, da Agência Estado,

22 de setembro de 2010 | 10h32

A Comissão Europeia autorizou nesta quarta-feira, 22, o grupo brasileiro Marfrig a comprar a rival norte-americana Keystone Foods Intermediate em um acordo avaliado em cerca de US$ 1,26 bilhão.

O acordo anunciado em junho deve ser concluído em 1o de outubro, segundo uma fonte próxima da companhia brasileira.

A Keystone Foods é o maior frigorífico de capital fechado dos Estados Unidos, servindo mais de 28 mil restaurantes ao redor da América do Norte, Europa e Ásia.

A compra, a mais recente de uma série de aquisições feitas pela Marfrig (é a segunda maior produtora de carne bovina, suína e de frangos no Brasil) é parte da estratégia da companhia de se tornar fornecedora das maiores redes de restaurantes dos mundo.

Entre os clientes da Marfrig estão McDonald's, Campbell's, Subway, ConAgra Foods, Yum Brands e Chipotle Mexican Grill.

Com a Keystone, a Marfrig deve se tornar uma das principais fornecedoras do McDonald's e também amplia negócios na Ásia, especialmente na China.

A Comissão Europeia, órgão regulador do bloco que reúne 27 países, afirmou que o acordo não deve distorcer a competitividade.

"As investigações da Comissão revelaram que a participação de mercado combinada das partes no negócio de carne é moderada em todos os produtos e que um número suficiente de concorrentes pode se manter ativo nos mercados", disse o executivo da UE em comunicado.

(Com informações da Dow Jones e Reuters)

Tudo o que sabemos sobre:
MarfrigKeystoneaquisição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.