UE vive momento crítico que pode definir futuro do bloco, diz Barroso

A cúpula da União Europeia vai se reunir no domingo para tentar encontrar uma solução para a crise da dívida soberana na região

Álvaro Campos, da Agência Estado,

19 de outubro de 2011 | 09h54

A União Europeia vive um momento crucial que pode ser decisivo para seu futuro, afirmou hoje o presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso. "Nós estamos em um momento crucial, um momento que pode ser decisivo para o futuro da Europa. Esses momentos exigem uma resposta clara e determinada", comentou.

A cúpula da União Europeia vai se reunir no domingo para tentar encontrar uma solução para a crise da dívida soberana na região. Barroso disse que não pode antecipar qual será o resultado do encontro, mas deixou claro que a reunião pode não ser o fim de todos os problemas do continente. "Eu estou trabalhando para fazer dessa reunião um sucesso", disse.

Ao lado de Barroso, o comissário europeu para assuntos econômicos e monetários, Olli Rehn, afirmou que a UE está trabalhando em uma forma para tornar o fundo de resgate à Europa, chamdo de Linha de Estabilidade Financeira e Europeia (EFSF, na sigla em inglês), mais flexível e eficiente, e que os resultados devem ser anunciados na reunião de domingo. "Nós atualmente estamos trabalhando para finalizar a flexibilidade e eficiência da EFSF, e eu acredito que nós teremos os resultados no encontro", afirmou. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.