UE/Mercosul: Rodrigues considera proposta européia muito modesta

Brasília, 30 - O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, avaliou como "muito modesta" a proposta apresentada pela União Européia ao Mercosul para a negociação comercial entre os dois blocos. "A proposta ficou muito aquém das expectativas do Mercosul", afirmou Rodrigues em entrevista à Agência Estado. Ele lembrou que a União Européia havia sinalizado, de maneira informal, apresentar uma proposta melhorada, o que acabou não acontecendo. A agricultura é o principal ponto de negociação entre Mercosul e União Européia. De acordo com o ministro Rodrigues, o ponto negativo da proposta da União Européia está na questão das cotas para produtos agrícolas. "Além de reduzi-las, a União Européia voltou a falar no parcelamento das cotas, o que para o Mercosul era assunto encerrado", enfatizou Rodrigues. O ministro não está otimista em relação ao prazo para conclusão das negociações entre os dois blocos, previsto para 31 de outubro. "Eu acho que ficou mais difícil concluir a negociação, mas não é impossível", afirmou. Para ele, com as duas propostas na mesa, Mercosul e União Européia poderão negociar possíveis alterações.

Agencia Estado,

30 de setembro de 2004 | 18h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.