Ultrapar compra distribuidora de combustíveis DNP por R$ 85 mi

Adição da DNP ampliará em 40% o volume da Ipiranga nos estados Amazonas, Rondônia, Roraima, Acre, Pará e Mato Grosso e resultará em participação regional de mercado de 14%, informou a empresa

Agência Estado,

27 de outubro de 2010 | 09h10

A Ultrapar Participações informou que assinou na terça-feira, 26, por meio de sua subsidiária Ipiranga Produtos de Petróleo, contrato de compra e venda para a aquisição de 100% da Distribuidora Nacional de Petróleo (DNP). O valor da aquisição totaliza R$ 85 milhões, sujeito a ajustes de capital de giro e endividamento na liquidação financeira, prevista para ocorrer em novembro deste ano.

A DNP distribui combustíveis nos estados do Amazonas, Rondônia, Roraima, Acre, Pará e Mato Grosso com uma rede de 110 postos. A empresa possui 4% de participação de mercado no Norte do País, sendo a quarta maior distribuidora de combustíveis desta região. Conforme o comunicado, em 2009, o volume combinado de diesel, gasolina e etanol vendido pela DNP totalizou aproximadamente 260 mil metros cúbicos, com Ebitda de R$ 17 milhões.

De acordo com a Ultrapar, a aquisição da DNP reforça a estratégia de expansão, iniciada com a aquisição da Texaco, para as regiões Centro-Oeste, Nordeste e Norte, "onde o crescimento de consumo tem sido acima da média nacional e a participação de mercado da Ipiranga é menor do que nas regiões Sul e Sudeste".

"A adição da DNP ampliará em 40% o volume da Ipiranga na região e resultará em participação regional de mercado de 14%, possibilitando melhor posicionamento para capturar o crescimento regional acelerado e benefícios adicionais provenientes da maior escala das operações, permitindo ganhos importantes para a empresa, revendedores, clientes e consumidores", afirma a Ultrapar, no comunicado. "A operação será regularmente apresentada às competentes autoridades regulatórias", acrescenta. 

Tudo o que sabemos sobre:
UktraparaquisiçãoDNPcombustível

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.