Uma pessoa morre após se ferir durante protestos em Atenas

Segundo rede de TV, cerca de 30 pessoas receberam tratamento por ferimentos e problemas respiratórios durante os protestos nesta quinta

Gabriel Bueno, da Agência Estado,

20 de outubro de 2011 | 14h48

Uma pessoa morreu após ser ferida durante violentos confrontos entre manifestantes em Atenas, afirmaram autoridades da Grécia nesta quinta-feira, 20. O vice-presidente do Parlamento, Anastasios Kourakis, anunciou a morte durante o debate do projeto de lei com novas medidas de austeridade, que deve ser votado ainda hoje.

A emissora grega SKAI TV informou que a vítima era um homem. Mais cedo, houve um confronto na capital do país entre manifestantes pacíficos e anarquistas, encerrado pela polícia antidistúrbio.

Um médico citado pela Skai TV, Stavros Flegas, disse que cerca de 30 pessoas receberam tratamento por ferimentos e problemas respiratórios durante os protestos, desde a manhã.

Os gregos fazem nesta quinta-feira o segundo dia de greve geral contra as novas medidas de austeridade defendidas pelo governo. Mais de 50 mil pessoas foram às ruas de Atenas se posicionar contra a iniciativa oficial. A União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI) exigem que a Grécia aprove as medidas para liberar a próxima parcela de 8 bilhões de euros de um fundo de ajuda de 110 bilhões de euros para o país em dificuldades financeiras.

As informações são da Dow Jones e da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
greciaprotestos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.