União Delta/Northwest pode levar a outras fusões do setor aéreo

A fusão entre a Delta Air Lines e aNorthwest Airlines deve levar outras companhias aéreas abuscarem redução de custos e reconhecimento global da marcanecessários para sobreviver em um ambiente com altos preços depetróleo e fraca economia norte-americana. Se a onda de fusões estivesse de fato à mão, as empresasaéreas mais prováveis a seguirem a tendência seria a UnitedAirlines, da UAL, e a Continental Airlines, que estãonegociando a meses. A Continental disse nesta terça-feira que irá reveralternativas estratégicas. Mas pilotos de ambas as companhiasdisseram que não irão apoiar uma fusão a menos que eles aprovemos termos. Com as condições da indústria cada vez mais hostis, e com aDelta melhorando sua posição competitiva, outras companhiasaéreas podem se encontrar em necessidade de uma fusão. "Existirá uma pressão maior na United e na Continental paraver a junção diante da ameaça da grande fusão Delta/Northwest",disse Jim Feltman, consultor de aviação da Mesirow FinancialConsulting nesta terça-feira. "É quase uma obrigação e não umdesejo." A indústria tem sido atingida pelos altos custos docombustível, diretamente ligados aos preços do petróleo, queatingiram um novo recorde perto de 114 dólares por barril nestaterça-feira. Estas pressões dos custos junto com uma fraquejanteeconomia norte-americana tem colocado as empresas aéreas em umasituação cada vez mais difícil que pode levar a mais uma crisesemelhante a aquela iniciada pelos ataques de 11 de setembro. Nas operações desta terça-feira, as ações da Delta caíram12,6 por cento para 9,16 dólares e as ações da Northwestfecharam em queda de 8,4 por cento, a 10, 28 dólares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.