Unidade brasileira da TNT Express reduz prejuízo

A companhia holandesa de entregas TNT Express informou nesta segunda-feira, 28, que teve lucro líquido de 6 milhões de euros no terceiro trimestre deste ano, uma queda de 25% na comparação com o mesmo período do ano passado, de 8 milhões de euros. A receita caiu 6,6%, para 1,62 bilhão de euros. Apesar do resultado ruim, a unidade brasileira reduziu seu prejuízo para 6 milhões de euros, ante um rombo de 25 milhões de euros no terceiro trimestre do ano passado. A receita ajustada da unidade brasileira aumentou 12,8%, para 88 milhões de euros.

ÁLVARO CAMPOS, Agencia Estado

28 de outubro de 2013 | 12h33

A TNT havia anunciado em março deste ano que pretendia vender sua unidade brasileira, e agora disse que esse processo está avançando e espera concluir uma operação nesse sentido até o fim do ano. A melhora do resultado da unidade no terceiro trimestre se deveu ao aumento das receitas, em função de preços maiores e mudanças no perfil dos clientes, além de um "excelente controle de custos", com a demissão de quase 800 funcionários. "Os volumes caíram após uma racionalização dos clientes, mas o crescimento subjacente é satisfatório", disse a companhia, acrescentando que o prejuízo da unidade deve continuar se reduzindo.

Tudo o que sabemos sobre:
TNT Express

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.