Unidade da Petrobras volta a operar após incêndio no PR

A Petrobras retomou parcialmente as atividades na Unidade de Industrialização de Xisto (Six), instalada em São Mateus do Sul, a 140 quilômetros de Curitiba, no sul do Paraná. A estatal suspendeu os trabalhos ontem à noite, depois que um raio atingiu uma torre da unidade. A descarga provocou incêndio no topo da torre e se propagou para uma subestação da Companhia Paranaense de Energia (Copel), que fica em área vizinha. Foi necessário o isolamento de toda a área. Segundo a Copel, a falta de energia elétrica durou 47 minutos e atingiu 19 mil consumidores nos municípios de São Mateus do Sul, São João do Triunfo e Antonio Olinto.

EVANDRO FADEL, Agencia Estado

25 de fevereiro de 2011 | 16h13

Em nota, a Petrobras informou que a emergência foi rapidamente controlada pelas equipes da própria empresa com auxílio do Corpo de Bombeiros. "O acidente não causou danos às pessoas e ao meio ambiente e não houve, em nenhum momento, risco para a comunidade". No entanto, a produção foi suspensa no momento e na tarde de hoje já tinha sido parcialmente retomada. "Os técnicos da companhia trabalham para que a normalidade da unidade seja completamente restabelecida o mais rápido possível", informou a empresa.

Tudo o que sabemos sobre:
PetrobrasincêndioraioCopelPR

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.