Unilever compra empresa dos EUA por US$ 3,7 bi

A Unilever, companhia anglo-holandesa de produtos de consumo, chegou a um acordo para comprar a norte-americana Alberto Culver, fabricante de produtos para tratamento capilar, por US$ 3,7 bilhões. A Unilever ofereceu US$ 37,50 em dinheiro por cada ação da Alberto Culver, o que representa um prêmio de 19% em relação ao valor do fechamento (US$ 31,48) do papel na sexta-feira.

DANIELLE CHAVES, Agencia Estado

27 de setembro de 2010 | 10h50

Em comunicado, a Unilever afirmou que a aquisição torna a empresa a líder mundial em tratamento capilar e a segunda maior no segmento de xampus. A Alberto Culver, que tem mais de 50 anos e é em parte controlada pela família do fundador Leonard Lavin, registrou vendas de US$ 1,4 bilhão no ano fiscal encerrado em setembro de 2009.

A transação surge quase exatamente um ano depois de a Unilever anunciar a compra dos negócios de cuidados pessoais da Sara Lee, por 1,275 bilhão de euros (US$ 1,72 bilhão) em dinheiro. O acordo ainda não foi concluído por causa de obstáculos regulatórios na Europa, mas a Unilever afirmou esperar uma desfecho no quarto trimestre deste ano.

Em uma entrevista à TV Bloomberg no início deste ano, o executivo-chefe da Unilever, Paul Polman, disse que a companhia iria gastar entre 1 bilhão e 2 bilhões de euros ao ano com aquisições. Segun do ele, a estratégia era "preencher lacunas" em categorias principais da Unilever e se concentrar em países com populações crescentes de mais de 100 milhões de habitantes.

A compra da Alberto Culver vai aumentar a presença da Unilever na América do Norte, onde em 2008 a companhia abandonou o segmento de lavanderia, que foi vendido por US$ 1,45 bilhão em dinheiro e ações para a empresa de private equity (participações) Vestar Capital Partners. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.