Units da Taesa reduzem queda na Bovespa

As units da Taesa reduziam a queda na bolsa paulista nesta segunda-feira, em dia de estreia de novos papéis da empresa do segmento de transmissão de energia da Cemig, após oferta pública de 1,75 bilhão de reais.

Reuters

23 de julho de 2012 | 12h39

O diretor superintendente geral da Taesa, José Ragone, disse a jornalistas nesta manhã que a operação traz satisfação para a empresa em um momento turbulento do mercado.

"Logicamente, fizemos isso com muita prudência, muito bem assessorados... A Taesa segue muito satisfeita, reforçada por tudo que nós tivemos de retorno daqueles que se colocaram agora junto à empresa e vão participar conosco da nossa estratégia de longo prazo de crescimento, agregação de valor e de uma política vigorosa de dividendos", afirmou Ragone na cerimônia de estreia das novas units na BM&FBovespa, nesta segunda-feira.

Às 12h30, a unit tinha queda de 1,08 por cento, a 68,8 reais, após ter chegado a recuar mais de 2 por cento mais cedo. Ainda assim, o preço era superior ao valor de precificação das novas units, que foi de 65 reais.

As units da Taesa não fazem parte do principal índice da bolsa paulista, o Ibovespa, que recuava 3,01 por cento.

(Por Anna Flávia Rochas e Danielle Assalve)

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIATAESAUNITS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.