Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Uruguai analisa dois pedidos para exploração de petróleo no país

Projetos geram expectativas de encontrar óleo e gás em terra e na plataforma marítima do país; atualmente, todo o setor energético uruguaio depende da importação

Marina Guimarães, da Agência Estado,

26 de dezembro de 2011 | 16h40

BUENOS AIRES - A Administração Nacional de Combustíveis, Álcool e Portland (Ancap), a estatal energética do Uruguai, analisa dois pedidos de exploração de petróleo apresentados pelas petrolíferas YPF, da Argentina, e Schuepbach Energy, dos Estados Unidos, disse à Agência Estado o gerente de exploração e produção da Ancap, Héctor de Santa Ana. As propostas incluem diversos pontos exploratórios das regiões Noroeste e Centro do país. Uma das áreas que será explorada é Artigas, ao norte do país, no fronteira com o Brasil.

Todo o setor energético do Uruguai depende da importação, mas os projetos apresentados geram expectativas de encontrar petróleo e gás em terra e na plataforma marítima. Por isso, a Ancap pretende tratar os processos com rapidez, segundo informou Santa Ana. A solicitação de Schuepbach Energy diz respeito a blocos exploratórios em Salto, Tacuarembó e Durazno. YPF, por sua vez, também pretende iniciar exploração em Salto, na fronteira com a cidade argentina de Concórdia, e em Artigas, na divisa com a brasileira Quaraí, no Rio Grande do Sul.

O diretor da Ancap disse que os processos estão em fase de revisão de contratos. A Schuepbach Energy, já trabalha na região de Achar, em Tacuarembó, onde encontrou rochas geradoras de petróleo a 400 metros de profundidade, em junho passado. Segundo Santa Ana, no caso de ser encontrado petróleo ou gás, convencionais ou não, ambas as companhias terão de se associar à Ancap, que terá direito à metade dos hidrocarbonetos. As expectativas são de que as companhias possam iniciar a exploração nos novos campos no primeiro semestre de 2012.

O início da exploração de petróleo em solo uruguaio é uma iniciativa do presidente da Ancap, Raúl Sendic, um dos dirigentes políticos da Frente Ampla, e conta com total apoio do presidente José "Pepe" Mujica. Assim como Mujica, o pai de Sendic foi guerrilheiro Tupamaro e um dos líderes do Movimento de Liberação Nacional.

Tudo o que sabemos sobre:
uruguaiancappetróleo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.