US Airways e dona da American Airlines concluem ofertas de ações

A AMR Corp, controladora da American Airlines, informou nesta segunda-feira que sua oferta de ações gerou 400 milhões de dólares, ao passo que a US Airways arrecadou 137,3 milhões de dólares líquidos (após taxas e custos) em recursos com a venda de ações.

REUTERS

28 de setembro de 2009 | 19h50

A American Airlines emitiu mais de 48 milhões de ações ordinárias, enquanto a oferta da US Airways foi de 29 milhões de ações, também ordinárias.

O dinheiro obtido com as ofertas será para uso geral corporativo, afirmou a US Airways. O banco Citigroup, que coordenou a emissão da US Airways, exerceu sua opção sobre distribuição para comprar outras 2,7 milhões de ações.

Algumas empresas aéreas norte-americanas têm emitido ações, títulos de dívida, ou ambos, nas últimas semanas, para fortalecer suas condições de liquidez. As medidas têm ajudado a afastar preocupações de investidores com a possibilidade de falências entre as aéreas, pelo menos no curto prazo.

A conclusão de ambas as ofertas foi anunciada após o fechamento dos mercado nesta segunda-feira. As ações da US Airways caíram 0,02 dólar, para 4,94 dólares, na bolsa de Nova York. As ações da American Airlines também caíram 0,02 dólar, fechando a sessão aos 8 dólares.

(Reportagem de Karen Jacobs e Deepa Seetharaman)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASAMERICANUSAIRWAYS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.