US Airways passa de prejuízo a lucro no 1º tri

A US Airways Group registrou lucro de US$ 48 milhões, ou US$ 0,28 por ação, no primeiro trimestre, após reportar um prejuízo líquido de US$ 114 milhões, ou US$ 0,71 por ação, em igual período do ano passado. O lucro foi resultado da transferência de alguns direitos de decolagem e aterrissagem.

CLARISSA MANGUEIRA, Agencia Estado

25 de abril de 2012 | 10h38

Excluindo itens extraordinários, como um ganho de US$ 73 milhões proveniente da transferência de alguns direitos de decolagem e aterrissagem para a Delta Air Lines, a companhia reportou um prejuízo de US$ 0,13 por ação no primeiro trimestre, ante prejuízo de US$ 0,68 por ação em igual período de 2011.

A receita com passageiros por assento disponível por milha, uma medida bastante observada no setor, subiu 8,2% no primeiro trimestre.

A receita operacional aumentou 10%, para US$ 3,27 bilhões. Os analistas entrevistados pela Thomson Reuters tinham previsto um prejuízo por ação US$ 0,25 e receita de US$ 3,24 bilhões.

As despesas operacionais da companhia totalizaram US$ 3,2 bilhões no primeiro trimestre, uma alta de 6,9% em relação a igual período do ano passado. O aumento das despesas foi conduzido pela alta de US$ 160 milhões dos custos dos combustíveis.

O tráfego aumentou 4,7%, enquanto a capacidade aumentou 3%. A taxa de ocupação subiu para 79,3%, de 78%. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
US Airwaysbalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.