Usiminas conclui compra da J. Mendes, Somisa e Global

Aquisição das empresas, dedicadas à exploração de minério de ferro, foi iniciada em 2008

Agência Estado,

28 de novembro de 2011 | 10h16

SÃO PAULO - A Usiminas informou nesta segunda-feira, 28, que concluiu as negociações relacionadas à aquisição da Mineração J. Mendes Ltda., Somisa (Siderúrgica Oeste de Minas Gerais Ltda) e Global Mineração Ltda., conforme previsto no contrato original e divulgado em fato Relevante datado de 02 de fevereiro de 2008. As três empresas são dedicadas à exploração de minério de ferro no quadrilátero ferrífero de Minas Gerais.

A empresa informa ainda que acordou um pagamento complementar e final no valor de US$ 100 milhões, a ser pago parte à vista e parte em 36 parcelas mensais iguais a partir de janeiro de 2012. A Usiminas havia pago, inicialmente, US$ 925 milhões pelas empresas, mas previa que desembolsos complementares poderiam ser realizados, dependendo das sondagens a serem feitas para confirmação da quantidade e da qualidade das reservas de minério.

Ouro Negro

Adicionalmente, a Usiminas informa que a sua controlada Mineração Usiminas S.A. (Musa) firmou instrumento contratual que estabelece a compra de ativos, dentre eles, imóveis e direitos referentes a um título minerário localizado em Serra Azul, em Minas Gerais, através da aquisição da Mineração Ouro Negro S.A..

O valor da transação foi de US$ 367 milhões, a ser pago parte à vista e parte em 36 parcelas mensais iguais a partir de janeiro de 2012.

A empresa, cujas reservas de minério de ferro estão estimadas em cerca de 200 milhões de toneladas, faz divisa com os direitos minerários atualmente detidos pela Musa, o que amplia o acesso da companhia às suas reservas através da majoração da cava. "Estima-se que serão liberadas aproximadamente 350 milhões de toneladas, que, somadas às reservas adquiridas, totalizam cerca de 550 milhões de toneladas de minério de ferro", informa a empresa.

Ferrous

A Musa firmou ainda acordo de cooperação operacional para exploração de direitos minerários com áreas contíguas com a Ferrous Resources do Brasil S.A., na sua mina de Santanense, com o objetivo de otimizar o aproveitamento das reservas de minério de ferro localizadas nas áreas limítrofes entre as duas mineradoras em Serra Azul.

"As transações acima fazem parte da estratégia de integração upstream da Usiminas, que vem se fortalecendo como um importante player na região da Serra Azul", informa a empresa.

Tudo o que sabemos sobre:
Usiminasaquisições

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.